Direito Itinerante

Criado em 2003, o Projeto Direito Itinerante tem como objetivo primordial o aprimoramento da prática jurídica por meio de experiências também de natureza prática, permitindo que os alunos envolvidos vivenciem mais de perto a realidade da profissão. Idealizado e coordenado pelo professor Ricardo Spinelli Pinto, é um projeto inédito, dinâmico e arrojado.

No decorrer de todos esses anos de atividade, o Projeto Direito Itinerante atingiu padrões grandiosos, conquistando o respeito e a credibilidade dos órgãos visitados, das várias autoridades e da comunidade, não só de nossa cidade, como também de outras cidades de Minas Gerais e de outros estados do país.

O reconhecimento do projeto se fez materializar de várias formas, dentre as quais a Moção de Aplauso da Câmara Municipal de Juiz de Fora, homenagens de vários tribunais estaduais e superiores em Brasília e várias outras entidades públicas e privadas.

Dentre as várias atividades desenvolvidas pelo Projeto Direito Itinerante, destacam-se:

  • ASSISTÊNCIA JURÍDICA VOLANTE: consiste no atendimento e prestação de assistência jurídica gratuita, "in loco", às comunidades carentes dos bairros de nossa cidade, com orientação, consultoria e ajuizamento de ações (se for o caso), além de realização de palestras, em parceria com órgãos públicos e privados, tais como, Associações de Bairros, Prefeitura, Câmara Municipal, Polícia Militar, FIEMG, Rotary, dentre outros.
  • MUTIRÃO DE CONCILIAÇÃO: consiste na atuação de alunos/estagiários do 7º ao 10º períodos do Curso de Direito do IVJ, como conciliadores, em processos junto ao Poder Judiciário (Fóruns das comarcas de Juiz de Fora e região).
  • VISITAS: o projeto também realiza, periodicamente, visitas a vários órgãos e entidades, públicos e privados, em Juiz de Fora (Fórum, OAB/MG, PMMG, etc.) e região, em Belo Horizonte (TJMG, TJMEMG, TRE, TRT, MPEMG, OAB/MG, ACADEPOL, Academia da PMMG, etc.) e em Brasília (Presidência da República, Congresso Nacional (Senado e Câmara), STF, STJ, STM, TST, TSE, TCU, CNJ, Procuradora Geral da República (MPF), Conselho Federal da OAB, Academia Nacional de Polícia (Polícia Federal), Ministério da Justiça, Itamaraty, Instituto Rio Branco, dentre outros). O objetivo é ampliar os horizontes dos futuros profissionais por meio de uma visita acadêmica aos principais órgãos públicos do país.