ESTÁ ESCOLHENDO SEU CURSO? ENTENDA COMO O MEC AVALIA AS FACULDADES • Instituto Vianna Júnior

ESTÁ ESCOLHENDO SEU CURSO? ENTENDA COMO O MEC AVALIA AS FACULDADES

Já sabemos que se o curso não for reconhecido pelo MEC, Ministério da Educação, nada de diploma, não é mesmo? Mas você entende quais são as formas de avaliação do MEC?

Resolvemos fazer este post para você que já está pensando no curso superior para não escolher a instituição errada. Afinal, não adianta nada se empenhar, passar, realizar um curso, chegar no final e não receber nenhum diploma, né? O momento é de ficar atento e prestar atenção nas avaliações do MEC.

Primeiro! É importante saber que o MEC avalia o curso com conceito até 5, que é a nota máxima. Segundo... Que existem alguns critérios de avaliação, primeiro o curso precisa ser autorizado, depois reconhecido e, por fim, a renovação do reconhecimento. A nota 3 já é suficiente para o curso ser reconhecido. Terceiro: o Enade avalia o que os estudantes estão aprendendo no curso, se o ensino está sendo realmente eficaz ou não.

Para você saber se o curso desejado está autorizado e a nota recebida, você pode acessa o site do e-MEC. 

Aluno olhando se foi aprovado em seu curso autorizado pelo MEC.

Resumindo:

O Inep utiliza alguns instrumentos para avaliar as instituições de ensino. A combinação deles gera conceitos ou notas que podem ser consultadas.  Estes instrumentos avaliativos do MEC são os seguintes:

Autoavaliação
Com base em um roteiro proposto pelo MEC, a instituição pode estudar a sua própria situação, identificando seus pontos fortes e fracos e, principalmente, planos de ação que visa executar para corrigir falhas apresentadas. A análise é quantitativa e qualitativa e abrange aspectos administrativos e pedagógicos.

Avaliação externa
Assim como a autoavaliação, é proposto um roteiro para identificar a situação acadêmica e de gestão de cada instituição. A diferença é que a análise é executada por membros externos, relacionados ao curso avaliado.

Censo
Com caráter quantitativo, o Censo mapeia a situação das instituições de todo o país, permitindo análises diversas e comparativas.

Cadastro
É a base de dados com as informações gerais das instituições, como seu histórico de avaliação.

Enade
O exame mede o desempenho dos estudantes e serve de base para identificar o nível de ensino de cada curso. Ele revela também, se as diretrizes escolares estão sendo cumpridas e aponta as habilidades e competências que têm sido desenvolvidas.

Avaliação Institucional
Com base nos instrumentos que comentamos, o SINAES pode desenvolver a avaliação de cada uma das instituições acadêmicas, ou seja, a análise de todas as informações já coletadas. Essa análise é feita em 10 dimensões: missão, política para o ensino e a pesquisa, responsabilidade social, comunicação com a sociedade, políticas de carreira de corpo docente e técnico-administrativo, organização de gestão, infraestrutura física, planejamento de avaliação, política de atendimento aos estudantes e sustentabilidade financeira.

Já os cursos são avaliados em três dimensões: a organização didático pedagógica, o perfil do corpo docente e as instalações físicas. A avaliação do MEC é multidimensional e abrange todos os aspectos que podem prejudicar ou favorecer um curso, desde a situação das salas de aula até a competência dos profissionais envolvidos.

Viu como é importante estar atendo às avaliações do MEC?

Já decidiu o seu curso? O Instituto Vianna Júnior está com Vestibular aberto. Conheça nossos cursos, aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome
E-mail

    Arquivo

    Categorias

    Instituto Vianna Júnior 2018 Todos os direitos reservados

    Desenvolvimento por Departamento de Marketing do Instituto Vianna Júnior